marketing contábil

Desmitificando o marketing contábil: 5 motivos pelos quais você deve se importar

Se você deseja que a sua empresa conquiste mais espaço no mercado e ainda seja destaque entre os seus concorrentes, está na hora de se importar com o marketing contábil

 

É muito comum, entre as milhares de empresas que começam a atuar diariamente no Brasil, o encerramento precoce de suas atividades. Sabe-se também que muitas dessas empresas são abertas por circunstâncias profissionais desfavoráveis, isto é, têm como empreendedores pessoas que, por insatisfação profissional, ou mesmo por falta de oportunidades de emprego, resolveram montar seus negócios.

O fato é que, normalmente, apesar de terem o conhecimento técnico necessário, muitos desses empreendedores não se mostram capazes de administrar esse negócio. É claro que conhecer as práticas do segmento de atuação colabora para o sucesso do empreendimento, mas, usando o segmento contábil como exemplo, ser um contabilista eficiente, por si só, não faz de você um bom empresário contábil.

É exatamente por conta dessa superestima do poder da intuição e do conhecimento técnico até então adquirido que muitos empreendimentos fracassam e muitas sociedades são desfeitas. O bom empresário contábil está em constante evolução e não pode negligenciar um aspecto decisivo para o negócio como o marketing contábil, responsável por agregar valor ao serviço e construir bons relacionamentos profissionais.

Conheça cinco características que fazem o marketing contábil essencial para o seu escritório:

1. Conheça o mercado – É muito comum acreditar que Marketing contábil é sinônimo de propaganda. A palavra, contudo, deriva de market (mercado em inglês) e, assim sendo, parte do princípio que, para gerir seu negócio, um empreendedor precisa conhecer muito bem o seu segmento de atuação para que consiga se posicionar com clareza neste contexto, prevenindo-se de possíveis ameaças e abraçando de imediato as oportunidades que o mercado lhe oferece.

2.    Conheça seu o público – Também por conta desta visão distorcida que muitos administradores têm do marketing, eles acabam associando a palavra ‘público’ única e exclusivamente aos seus clientes. Na verdade, o marketing tem como públicos-alvo desde os funcionários e colaboradores de uma empresa, aos quais se aplica o endomarketing, passando pela análise crítica e imparcial de seus fornecedores e principais concorrentes, a fim de posicionar adequadamente sua empresa em relação a eles, até, finalmente, seus clientes.

3.    Reinvente-se com frequência – Ser apegado às suas convicções é, frequentemente, um sinal de ignorância. Um bom administrador de empresas não tem medo de dúvidas e parte do princípio de que estas são, além de essenciais para o aprendizado, naturais em um ambiente em constante transformação. Por isso, reavalie periodicamente seus resultados, metas e objetivos e esteja sempre atento, não só às informações sobre o mercado, mas também ao que acontece no ambiente interno de sua empresa.  Busque sempre se apropriar de novos conhecimentos que contribuirão para o sucesso de seu empreendimento.

4.    Selecione seus clientes – Ao selecionar seus clientes, você evita prospectar um cliente indesejável, seja por ser um mau pagador, seja por exigir que seu escritório contábil seja conivente com práticas ilegais, como a sonegação. Você ainda constrói mais facilmente uma comunicação que evidencie toda a transparência e valores éticos que norteiam as atividades de sua empresa e que são essenciais para manutenção de um relacionamento profissional de confiança.

5.    Preço x Valor – É claro que existe uma parcela considerável de clientes que priorizam o preço acima de tudo, mas vale a pena se questionar: é este tipo de cliente que você quer para o seu negócio? Existem muitos escritórios contábeis que praticam o baixo preço, mas tal prática contribui para uma visão superficial e preconceituosa do cliente em relação ao serviço que ele contratou e só deve ser exercida por escritórios que não sabem demonstrar o valor dos serviços que prestam. Um bom administrador de qualquer segmento de negócios tem plena consciência de que uma contabilidade bem feita contribui, e muito, para o sucesso de seu empreendimento, e, assim sendo, ele aceitará pagar uma quantia justa pelos seus serviços, caso constate a eficiência, transparência e seriedade com que sua empresa os presta.

Enfim, você pode até continuar ignorando o impacto positivo que um plano de marketing pode ter no seu negócio, mas não espere que seus concorrentes também ignorem.

Por Lucas Hernandez 

Desmitificando o marketing contábil: 5 motivos pelos quais você deve se importar 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Font Resize
WhatsApp chat