coronavirus

Coronavírus: entenda o papel da contabilidade na crise

Escritórios devem reforçar a figura de principal assessor dos empresários durante a pandemia do coronavírus

 

O cenário atual apresenta diversos desafios para a operação dos negócios em toda a cadeia econômica. Devido à pandemia do Covid-19, como foi denominado este novo agente dos coronavírus, diversas empresas e organizações públicas tiveram de se adequar, suspendendo temporariamente o funcionamento ou adotando modelos alternativos de trabalho. Assim, os escritórios de contabilidade têm seu papel de principal assessor dos clientes potencializado – principalmente para aqueles que já possuem posicionamento na internet.

 O home office, ou trabalho remoto, é ferramenta fundamental para manter a rotina de diversas empresas em meio à pandemia de coronavírus. E essa é a principal orientação que o contador deve passar aos clientes. O uso da internet deve ser estendido não apenas para a comunicação entre colaboradores. Diversos documentos e informações podem ser compartilhados por e-mail ou plataformas de gestão de processos e até mesmo por redes sociais como o WhatsApp – desde que respeitadas as medidas de segurança da informação. Inclusive, o escritório contábil deve reforçar essa estratégia para que os empresários mantenham o cronograma de envio de documentações fiscais e, assim, não percam os prazos regimentais.

 Para as empresas de contabilidade que ainda não estão presentes no ambiente virtual, o momento também é providencial. Os gestores contabilistas devem criar páginas em redes sociais, grupos de comunicação entre colaboradores em aplicativos como o WhatsApp e demonstrar essa estratégia como exemplo para os clientes.

 Porém, por conta das diversas mudanças e adaptações pelas quais as empresas estão passando diante do coronavírus, os empresários encontram pouco tempo para se informar sobre prazos e parcelamentos. Assim, outra atividade primordial do contador é se aproximar das empresas para fornecer esclarecimentos e apresentar as facilidades implantadas pelo poder público.

 Conheça alguns exemplos de mudanças realizadas neste período: 

     Estados e municípios já anunciaram adiamento de datas-limites e parcelamento para quitação de débitos junto às Fazendas.

     A Receita Federal adotou uma série de alterações no atendimento aos contribuintes por conta da pandemia do novo coronavírus. A principal medida foi suspender o funcionamento de diversas agências físicas e ampliar a orientação via internet.  

 A Procuradoria da Fazenda Nacional (PGFN) foi autorizada pelo Ministério da Economia a adotar providências para suspender os atos de cobrança de tributos e facilitar a renegociação das dívidas dos contribuintes.

     Os dois órgãos também prorrogaram a validade de certidões negativas de débito já emitidas.

O escritório contábil deve apresentar essas e outras medidas aos seus clientes e garantir que adotem as melhores condutas para manter a sustentabilidade dos negócios durante a pandemia do coronavírus.  E para que essa comunicação seja eficaz e ágil, o uso da internet é essencial.

Marketing de conteúdo

Outra estratégia de orientação e aproximação com os clientes no período de reclusão é o compartilhamento de conteúdos. A plataforma Contas em Revista, por exemplo, é uma maneira de manter os empresários bem informados, além de demonstrar modernização do escritório de contabilidade com o uso do marketing de conteúdo.

 A crise do coronavírus deve se estender por mais alguns meses. Neste período, é fundamental que o contador esteja ao lado dos clientes, auxilie na avaliação de cenários e estratégias, proponha novas práticas de gestão e, assim, fortaleça os negócios e o mercado como um todo.

Coronavírus: entenda o papel da contabilidade na crise 1

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Font Resize
Chat - WhatsApp