Escritório contábil saiba como fidelizar o empreendedor por necessidade

Escritório contábil: saiba como fidelizar o empreendedor por necessidade

Perfil consultivo do escritório contábil é imprescindível para auxiliar pessoas que nem sempre conhecem os detalhes de como gerir um negócio

 

Ter o seu próprio negócio é o sonho de muitas pessoas. Mas, com o cenário de instabilidade econômica e a diminuição na oferta de empregos formais no último ano, surgiu no Brasil uma categoria conhecida como empreendedores por necessidade. São, em geral, jovens que não conseguiram se encaixar no mercado formal de trabalho ou pessoas de qualquer idade que perderam o emprego e se viram forçadas a buscar o empreendedorismo como forma de sustento. Essas pessoas nem sempre conhecem as leis e obrigações inerentes a um negócio, o que se torna uma oportunidade para o escritório contábil – desde que preparado para atender esse nicho de mercado.

A pesquisa Global Entrepreneurship Monitorr (GEM) apontou que em 2018, de cada cinco brasileiros adultos (entre 18 e 64 anos), dois eram empreendedores – o equivalente a 52 milhões de pessoas. Desse total, 37,5% criou seu próprio negócio por necessidade, ante 61,8% que declarou ter criado por oportunidade e menos de 2% por uma combinação de ambos.

Muitas vezes esses novos empreendedores criam seu próprio negócio sem ter muito tempo para pesquisar e se informar sobre o ramo de atuação, possíveis clientes, fornecedores, parceiros. Essas pessoas, em geral, não sabem como fazer a gestão empresarial, o que inclui o desconhecimento sobre as obrigações contábeis. Elas ignoram as diferenças entre faturamento e lucro e ainda misturam as finanças, afinal, qualquer dinheiro é dinheiro quando se precisa dele. Essa combinação pode levar a multas e outros problemas que dificultam a continuidade das operações. Não é à toa que, segundo estatísticas do IBGE, cerca de 60% das empresas brasileiras fecham com menos de 5 anos.

O escritório contábil que pretende atrair esse público precisa estar preparado para assumir um papel consultivo, tornando-se parte da estratégia do negócio do cliente. É preciso estar próximo, esclarecer dúvidas, lembrar das obrigações – como o calendário de pagamentos de taxas e tributos -, orientar sobre a contratação de funcionários e fornecedores, entre outros aspectos que envolvem os negócios. Muitas vezes é necessário também fornecer apoio para a formalização do cliente ou mesmo abraçar a gestão financeira, orientando sobre o controle de contas a pagar e a receber, imprescindível para a saúde de qualquer negócio.

Atuar com o empreendedor por necessidade pode se tornar uma excelente oportunidade para o escritório contábil, já que é um nicho em expansão. Mas os contadores precisam se preparar para lidar com essas características, além de investir, também, em marketing contábil. Afinal, é essa ferramenta de comunicação que auxilia o escritório a manter a proximidade com o seu cliente – e ainda assume um papel educativo e de aconselhamento para quem possui tantas dúvidas a serem sanadas.

 

Leia também:

4 dicas para o escritório contábil fidelizar clientes em 2019

Especial Marketing Digital: conteúdo é a chave para atração de clientes

Escritório contábil: saiba como fidelizar o empreendedor por necessidade 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *